Uma classe vazia

Na segunda-feira da semana retrasada (11/03), após o recreio, o nosso colega, Allan, saiu do colégio deixando todos preocupados, pois estava com os pés e pernas inchados. Todos ligamos para ele à tarde para saber como ele estava. Ficamos sabendo então, que ele ia ficar internado por algum tempo, e só depois de ele fazer os exames, ficamos sabendo o que ele tinha. Sentimos muito sua falta, principalmente no período de educação fisíca.
Na sexta-feira, eu fui visitá-lo, e ele estava alegre como sempre, apesar de estar ansioso para sair de lá. Enquanto eu estava la, a enfermeira foi verificar sua pressão, o que o deixou nervoso e fez sua pressão subir. Então, ele pediu que da proxima vez que ela viesse, verificasse com o aparelho manual que não fazia barulho.
No dia seguinte, ele teve o resultado dos exames e começou a fazer o tratamento. Na segunda-feira seguinte (18/03), ele teve alta. No dia 19/03, ele foi à escola, porém no dia 20/03, seus pés incharam novamente, e ele teve que ficar em casa de repouso, mas ao decorrer da semana, ele já estava melhor. Contudo, por sua imunidade estar baixa, ele pegou uma virose no fim de semana, e não pode ir à aula do dia 25/03, e nem ao passeio do dia 26/03, o que foi uma pena pois ele faz muita falta nessas horas com seu carisma marcante.
Finalmente, no dia 27/03, ele está melhor e voltou às aulas. Torcemos para que a partir de agora, ele fique bem e volte à rotina normal.

Advertisements